Cuidando de um cachorro mais velho


Uma vez que seu cão envelhece, é hora de tomar algumas medidas preventivas para que ele permaneça saudável, feliz e ativo. Uma delas é levá-lo ao veterinário anualmente ou até mais vezes, se for necessário.

Como com os humanos, mantenha o peso de seus cães dentro da faixa adequada ou menor. 

Um cão com excesso de peso está muito mais propenso a problemas de saúde, como dores nas articulações, artrite, diabetes e disfunções hepáticas ou renais. Reduza a quantidade de guloseimas dadas ao seu animal de estimação. É difícil resistir a seus olhos pidões, mas lembre-se sempre de que é para o seu próprio bem. Você não quer matar seu animal de estimação pensando que está sendo gentil com ele. Alimente-o apenas uma vez ao dia ou, em quantidades menores, duas vezes ao dia, mas remova a comida que sobrar. Se você tem filhos, explique por que não devem levar comida para o animalzinho a todo o momento.

Assim como com os cães de qualquer idade, certifique-se de que haja sempre água limpa e fresca à disposição. Alguns cães mais velhos têm problemas para chegar até a tigela de água, então leve a água até eles ou coloque tigelas de água em diversos lugares para que eles não tenham que ir muito longe para beber.

Se possível, faça uma curta caminhada diária com o seu cão. Isso ajuda na circulação sanguínea dele, fornece novas visões e cheiros para estimulá-los e dá a você um tempo de qualidade com seu animal de estimação. Ele pode ser mais velho, mas ainda é curioso.

Pode ser preciso que você mude de uma comida seca para uma mais comida úmida ou até enlatada conforme seu cão envelheça. Os dentes dele podem não suportar a dureza das rações secas. Além disso, cuidar de seu cão mais velho e levá-lo ao veterinário regularmente ajuda a mantê-lo saudável e feliz por mais tempo.